1.Não seja um caçador de conexões:

Disparar convites foi mania nos tempos de Orkut (ok, talvez alguns nem lembrem).

Se você é adepto dessa cultura de adicionar todo mundo ATENÇÃO, pois essa é uma concepção equivocada sobre o significado de networking e relacionamento profissional.

Adicione pessoas que tem relação com seu objetivo e área de atuação.

Muitas conexões não garantem indicações para um emprego/promoção ou clientes. Pelo contrário, isso pode revelar a sua falta de uma visão estratégica e foco.

No Linkedin a qualidade e interação na rede tem mais resultados do que o número de conexões.

2. Tenha foco

Definir uma estratégia é fundamental antes de sair por aí convidando “Deus e mundo” para sua rede. Você precisa adotar uma postura estratégica diante de cada futura conexão no LinkedIn.

Antes de enviar um convite pergunte-se:

  • Quais as razões para adicionar esse novo contato?
  • De que maneira essa relação também pode ser útil para o profissional do outro lado da rede?

3. Seja criativo, direto e objetivo

  • Não envie o convite padrão sugerido pelo Linkedin.
  • Crie uma mensagem personalizada para cada contato informando quem você é e quais seus objetivos em manter contato

Dica:

  • Se a pessoa do lado de lá é um headhunter que está à procura de um profissional com o seu perfil, mencione isso na mensagem e argumente, de maneira objetiva e clara, porque você é uma boa opção para a oportunidade em questão.
  • Se é um potencial cliente informe o que faz, mas apenas informe sem vender nada nesse primeiro contato.

Exemplo que uso:

Olá + nome correto da pessoa, cuide isso!

Parece bobagem, mas receber uma mensagem com o seu nome escrito errado não causa uma boa impressão!

Seja bem-vinda as minha conexões profissionais.

Sou Especialista em Linkedin e criadora do site Karreira.Com, consultoria online de Carreira e Negócios, com foco na elaboração de currículo e perfil no Linkedin de forma estratégica.

Se quiser saber quais são os principais pontos que podem ser otimizados de forma estratégica e que dê resultados solicite uma avaliação gratuita de seu perfil no Linkedin acessando nosso www.karreira.com

Atenciosamente,

Karla Apratto

Especialista em Linkedin

Veja que não vendi nada, apensas informei:

  • Quem eu sou
  • O que eu faço
  • Como eu faço

Dica extra: Não envie currículo ou arquivos se não forem solicitados. Lembre-se, que mesmo sendo online a etiqueta profissional deve permanecer.

Pessoalmente você não entrega seu currículo ou cartão de vista antes de uma conversa, não é mesmo? Isso vale para os contatos online também.

Borá aplicar logo essas estratégias?! 

Tenho um convite para você: Vem participar do nosso grupo: Descomplicando o Linkedin! É gratuito, basta clicar 

Abraço!

Karla Apratto, Consultora de Carreira, Especialista em Linkedin